Lula sai em defesa de Doria no caso da Coronavac, e sugere pedido de impeachment de Bolsonaro

Foto: Agência Brasil

O petista Lula, condenado nos casos do sitio de Atibaia e no Triplex, afirmou na manhã desta quinta-feira (22), em suas redes sociais, que Bolsonaro cometeu “um crime contra a nação” e sugeriu o pedido de impeachment do presidente, por não comprar a vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan, ligado ao governo Doria, em parceria com o laboratório SinoVac da China.

– Se a sociedade, os partidos e os parlamentares, precisavam de um motivo para discutir o impeachment, Bolsonaro acaba de cometer um crime contra a nação ao dizer que não vai comprar a vacina e desrespeitar um instituto da seriedade do Butantan e toda a comunidade científica”, escreveu o ex-presidente. ‘Se Bolsonaro não acredita na eficácia da vacina chinesa, ele que não tome.

– Mas o papel de um presidente da República é possibilitar que o povo tenha a vacina a sua disposição. Se faltava crime de responsabilidade, essa foi a maior irresponsabilidade de um presidente que já vi”, finaliza.

No dia anterior, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que a intenção dos governadores é esperar ao menos até 48 horas, para tomar uma medida sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro de cancelar a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa. O tucano não descartou acionar o STF.

Sua opinião é importante!