FAB leva cilindros de oxigênio de SP e de empresa fornecedora para Manaus

FAB

Na madrugada desta sexta-feira (15), chegaram em Manaus dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) carregados com cilindros de oxigênio. Esses recursos foram enviados de Guarulhos (SP) visando o apoio na crise de saúde que abala o estado do Amazonas.

Já se totalizam 386 cilindros de oxigênio, com mais de 18 toneladas. Eles serão utilizados pelos hospitais no atendimento aos pacientes da Covid-19 no estado.

Uma crise devastadora tem assolado o sistema de saúde amazonense, que entrou em colapso após as internações por Covid-19 no estado baterem recorde.

Sobrecarregados, os hospitais ficaram sem oxigênios para pacientes. Médicos transportando cilindros nos próprios carros para levar ao hospital e familiares tentando comprar o insumo nesta quinta. Doentes começaram a ser levados para outros estados.

Veja o vídeo

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, reconheceu nesta quinta-feira (14) que há um novo colapso no sistema de saúde de Manaus em decorrência da pandemia da covid-19.

O general participou da live semanal do presidente Jair Bolsonaro, transmitida pelas redes sociais.

“Eu considero que sim, há um colapso no atendimento de saúde em Manaus. A fila para leitos cresce bastante, já estamos hoje com 480 pessoas na fila. E a realidade da diminuição na oferta de oxigênio – não é a interrupção, senhores, é a diminuição na oferta de oxigênio. Todo o tratamento da covid é baseado em alguma oferta de oxigênio. Estamos priorizando esse oxigênio para atender as UTIs [unidades de terapia intensiva]”, declarou.


Sua opinião é importante!