Embaixadora das Filipinas é obrigada a deixar o Brasil após agredir empregada

Na madrugada desta segunda-feira (26), a embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro, foi convocada de volta ao país asiático, depois de ter sido flagrada agredindo uma empregada doméstica na residência diplomática, em Brasília (DF). O retorno foi confirmado pelo secretário de Relações Exteriores das Filipinas.

– A embaixadora das Filipinas no Brasil foi chamada de volta imediatamente para explicar os maus-tratos à sua equipe de serviço – escreveu Locsin Jr em postagem no Twitter.

Uma reportagem exibida pelo Fantástico, da Rede Globo, na noite de domingo (25), divulgou as imagens das câmeras instaladas na embaixada, onde são vistas agressões físicas, como beliscões, tapas e puxões de orelha. Estas cenas foram usadas como prova em denúncia contra a diplomata firmada no fim de agosto.

Confira o vídeo:

A doméstica de 51 anos que era agredida por Marichu retornou ao país asiático no dia 21 de outubro.

Marichu é diplomata de carreira e foi nomeada para embaixadora no Brasil em 2018. Ela chegou a ser homenageada pelo então presidente Michel Temer, que recebeu suas credenciais diplomáticas. Desde janeiro, ela também representa as Filipinas junto a Venezuela como embaixadora não residente. Ela também é embaixadora na Guiana, na Colômbia e no Suriname.

Sua opinião é importante!